Educação e Tecnologia

Tudo que está relacionado a educação e a tecnologia farão parte deste blog.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

As brincadeiras não são mais artesanais, são High-tech!

Nesta semana o professor Ricardo, de Pós-Graduação do curso Ensino de Línguas Mediado pelo Computador da Universidade Federal de Minas Gerais, pediu para que elaborássemos um comentário multimídia sobre práticas do cotidiano que foram ou podem ser transformadas pelas novas tecnologias da informação e da comunicação.
O tema proposto é muito vasto e exigiu uma profunda reflexão de como as novas tecnologias têm invadido nossas vidas e quais tem sido os impactos provocados por eles.

Todas as vezes que penso em tecnologias penso no campo da informática, seus avanços e de como as utilizo no meu dia-a-dia, assim como milhões de pessoas no mundo a fazem.

Pensando nisso, deixei de lado o campo puramente da informática para pensar na progressão dos brinquedos. Foi se o tempo em que as crianças se divertiam correndo atrás de uma bola, brincando com bonecas de pano,com jogos de memória ou as emocionantes tentativas de adivinhar palavras no jogo da forca. Os brinquedos que estimulam o aprendizado das crianças perderam o aspecto artesanal de antigamente e foram sendo transformados em verdadeiros artefatos tecnológicos

Lembrei-me, quando criança, o brinquedo mais “hight- tec” era o Atari, uma febre nacional que deixou muitos pais de “cabelo em pé”,sem se dar conta que dávamos nossos primeiros passos rumo a tecnologia dos brinquedos. Com o passar do tempo a febre do Atari foi sendo substituída pela popularização dos microcomputadores com capacidades gráficas e sonoras superiores a do Atari que utilizavam-se de outras funções que não apenas jogar. Não só os computadores evoluíram como também os vídeo games e por que não dizer que nossas crianças evoluíram juntamente A tecnologia high tech permite aos seus consumidores irem além do faz-de-conta que estava presente na infância da geração que hoje está na “adultez”.



Lembra da boneca Barbie, a mais famosa e vendida, para não perder espaço no mercado e deixar de ser a queridinha das meninas, agora ela canta e fala e pode ser conectada ao MP3 player, mas não é só isso, quando estiver ligada ao tocador, a tradicional boneca balançará a cabeça no ritmo da música e moverá a boca para cantar junto. A Barbie hightech vem com programada com três canções, o que lhe permite soltar a voz mesmo se a criança não tiver um tocador digital. Será que é mais legal se divertir com ela ou brincar de fazer comidinha?
Lembra da boneca Barbie, a mais famosa e vendida, para não perder espaço no mercado e deixar de ser a queridinha das meninas, agora ela canta e fala e pode ser conectada ao MP3 player, mas não é só isso, quando estiver ligada ao tocador, a tradicional boneca balançará a cabeça no ritmo da música e moverá a boca para cantar junto. A Barbie hightech vem com programada com três canções, o que lhe permite soltar a voz mesmo se a criança não tiver um tocador digital. Será que é mais legal se divertir com ela ou brincar de fazer comidinha?


Quem nunca brincou de amarelinha? E amarelinha high tech?


Embora seja apenas um conceito, o desing Hye-Lim Jeon high-tech criou o conceito do antigo e tradicional jogo de Amarelinha. O Dream Beam High-Tech Hopscotch é um gadget que projeta uma pista virtual de Amarelinha no chão eliminando o desenho com giz.

A Amarelinha do século 21 é só um conceito, por enquanto, e não está sendo produzida comercialmente, mas com certeza todo mundo vai querer brincar.


Balanço, um dos meus favoritos, mas agora em versão hi-tech e com fibra ótica.


O Sense Light Swing é feito de plástico e equipado com fibra ótica. O balanço tem um sensor que acende a luz automaticamente quando fica escuro. O Sense Light Swing quando acesso e em uso dá um show de luzes!

Essa é mais uma reinvenção do velho que torna-se novo na tentativa de chamar a atenção de nossas crianças.

  
 
Alguém ai já pensou nas mil e um funções de uma mesa? Mas essa aqui é Hi-Tech!
 
E que tal a Mesa de Jogos Hi-Tech!

A “Synergy Arcade Cabinet” é uma mesa com um centro de entretenimento dentro. Você pode jogar antigos clássicos arcade e os mais novos lançamentos para PC. A mesa tem desenho ergonômico e um sistema Super Woofer para uma experiência auditiva de impacto. Além de jogar, você pode usar a Synergy Arcade como uma jukebox de MP3 ou você pode assistir DVDs e até navegar na internet.

E para os acostumados a era do Atari essa mesa é mais que futurista.


Quem nunca imaginou mover objetos com a força do pensamento?

Agora é possível com O “The Force Trainer”, vem com um headset que permite ao usuário usar suas ondas cerebrais para mover uma esfera, localizada dentro de um tubo transparente de 25 cm de altura. Igual ao uso da Força por Jedis como Yoda e Luke Skywalker em Star Wars.

É necessário um alto nível de concentração para conseguir mexer a bolinha com a Força da Mente e a base emite efeitos sonoros dos filmes de Star Wars para indicar a passagem de nível de Padawan para Jedi. O headset é baseado na tecnologia EEG mais comumente usada na medicina.



Arte infantil! High-tech é claro.

A KidiArt Studio é uma mesa de desenho que pode ser conectada a uma televisão ou a um computador se transformando em um verdadeiro estúdio de arte digital. Com a KidiArt Studio, conectada no PC, a criança pode criar pôsteres e cartões para imprimir, criar e-Cards, editar fotos com desenhos e salvar suas criações. Presa a um braço móvel na mesa vem uma câmera digital para produzir animações stop motion.

A criança também pode ter aulas básicas de arte e desenho, usando a tecnologia e novas ferramentas para estimular a criatividade. Com a KidiArt Studio ligada a um aparelho de TV a criança pode exibir suas obras de arte para a família.



Nossos brinquedos de infância serão sempre únicos para nós, por que foi através deles que iniciamos nossos ensaios com a vida, a imaginação, e foi em torno deles que nasceram nossos primeiros amigos e descobertas fanáticas que fizemos a cerca do mundo que nos cercava, embora todos esses brinquedos parecem realidade virtual, o grande barato é que as crianças adoram e são bem estimuladas por eles. Se nossas velhas brincadeiras nos trouxeram benefícios, imaginem como elas crescerão!





2 Comentários:

Blogger Claudia disse...

Oi Rosilene,
muito interessante o assunto abordado por vc, eu estava totalmente por fora do quesito brinquedos, meus filhos já estão crescidinhos, portanto não dou notícias dessa geração ULTRA high tech. Acredito que esses brinquedos estimulam muito as crianças, alguns psicólogos dizem que estimulam até demais, mas acho que a imaginação, a fantasia são prejudicadas, vc não acha? Parabéns pela postagem.

2 de dezembro de 2009 02:09  
OpenID professorasandraregina disse...

Oi, Rosilene,

Achei muito interessante o assunto abordado sobre os
brinquedos virtuais.Vejo crianças entrando no site da Barbie, Hotwheels, Mônica , clicando em jogos.
Acho que os jogos estimulam a percepção raciocínio,das crianças,é a realidade que estão vivendo no momento.
Acho apenas que o uso dos jogos devem ser supervisionados pelos pais.
Sou contra atividades que estimulam a violência, uso
de armas, lutas.
Parabéns pelo seu texto.
Abraços,
Sandra

3 de dezembro de 2009 08:15  

Postar um comentário

Pessoal, deixe seu comentário?

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial